19 de abril de 2012

Barragem de São José do Jacuípe está com apenas 11% de sua capacidade

É preocupante a situação da barragem de São José, no município do mesmo nome, que foi construída em 1980 pelo Governo do Estado, na gestão do ex-governador, hoje senador, João Durval Carneiro.


A barragem tem uma altura de 41m por 1.560m de largura e 48 km de extensão, mas no momento está apenas com 15 km. A construção da adutora para levar água da barragem tem como objetivo atender à irrigação, abastecimento humano, piscicultura, pecuária e perenização do Rio Jacuípe em uma extensão de 180 km, até a sua confluência com o Paraguaçu.
Um dos funcionários da Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (CERB), que trabalha na área e pediu para não ser identificado, disse que a barragem no momento opera 11,81% da sua capacidade, quando o ideal era operar com 50%. Ele também externou a procupação com evaporação que chega a um centímetro por dia e isto é acompanhado pelos órgãos superiores através de satélite.
A barragem banha os municípios de São José do Jacuípe e Várzea da Roça, é considerada uma das mais importantes na perenização do Rio Jacuípe e a terceira maior da Bahia com capacidade de represar 355 milhões de metros cúbicos de água, mas por conta da estiagem está com apenas 40 milhões de metros cúbicos. (informações Calila Notícias, fotos: Raimundo Mascarenhas)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário